Medicina Física e de Reabilitação Pediátrica

O principal objetivo da reabilitação em pediatria é promover o desenvolvimento psico-motor da criança, de forma holística: ou seja, sem descorar o ambiente familiar, social e escolar que a rodeia.

Dra. Inês Machado Vaz
Médica Fisiatra 

 

A reabilitação pediátrica centra-se nas necessidades específicas da criança, desenvolvendo tratamentos individualizados, focalizados nas diferentes vertentes de desenvolvimento específico (corporal, psíquico, sócio-afetivo, de autopercepção e formação de identidade) sem descurar o desenvolvimento global. A estratégia terapêutica obedece a timings próprios, de modo a conjugar as diferentes fases do programa de reabilitação com a rápida mutabilidade do desenvolvimento psicomotor da criança. Só assim é possível aproveitar e, simultaneamente, não comprometer a plasticidade neurológica característica da criança, tão essencial ao processo de aquisição de habilidade psico-emocionais e físicas.
O objectivo é maximizar a função, minimizar incapacidades, facilitar a adaptação e participação nos contextos em que estão inseridos e prevenir complicações. Para isso, apostamos em avaliar, desenhar e executar um plano de reabilitação personalizado, dinâmico e evolutivo, centrado na criança e na família, contanto com a colaboração de uma equipa multidisciplinar, dando prioridade ao jogo lúdico, que motive a criança até que esta possa, por si, adotar uma participação mais consciente no seu tratamento.
As nossas áreas de intervenção são o atraso de desenvolvimento psicomotor, lesões neurológicas (paralisia cerebral, miopatias, neuropatias, etc.), doenças neuro-musculares, patologia osteoarticular congénita, traumática e reumatológic (distocia dos ombros, displasia da anca, artrites infantis ou juvenis, etc), respiratória (bronquiolites, síndromes restritivos, etc) e alterações posturais (torcicolo congénito, escolioses, etc).